terça-feira, 10 de maio de 2016

Resenha: Ame o que é Seu





Autor: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 310

Sinopse:
"Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado?”. O tema deste livro deixa aquela pulga atrás da orelha, te faz imaginar como seria a vida se tivéssemos feitos outras escolhas. Esta é uma história para quem algum dia já se perguntou isso.
Em Ame o que é seu o leitor encontrará a história de uma mulher (Ellen) dividida entre o amor real e aquele fatídico 'E, se'.
O casamento de Ellen e Andy não parece perfeito, ele é perfeito. São inegáveis a profundidade da devoção mútua e o quanto um esperta o melhor do outro. Mas por obra do destino, certa tarde, Ellen revê Leo pela primeira vez em oito anos. Leo, aquele que partiu seu coração sem se explicar, aquele que ela não conseguiu esquecer.
Quando o reaparecimento dele desperta sentimentos há muito adormecidos, Ellen se põe a questionar se sua vida atual é de fato como ela queria que fosse.
O desenrolar da história é contagiante, pois a cada página acontecem novas cenas que é quase impossível abandonar a leitura, ou ... não se colocar em seu lugar."

Minha opinião:
O livro foca no casamento de Ellen e Andy, um casamento perfeito até que Ellen encontra uma ex paixão. Durante todo o livro Ellen e seu ex se encontram e uma sensação de imaginar o que teria acontecido se ela estivesse com ela passa na cabeça da nossa personagem principal.

Achei o livro bom, o tema central - o que podia ter acontecido nas nossas vidas se tomássemos outras decisões - é uma questão tão presente no nosso dia a dia que a leitura do livro flui naturalmente. Não acontecem grandes fatos que deixem nosso coração aos pulos, a forma como a narrativa é feita porém, faz prender nossa atenção.

Não consigo ler um livro de Emily Giffin sem lembrar dos livros de Nicholas Sparks e vice-versa. Claro que cada um tem uma forma bem particular de narrar suas histórias, mas ambos tratam de temas cotidianos em histórias ótimas. Os livros de Emily Giffin me fazem relaxar e pensar nas minhas atitudes diante dos assuntos citados em seus livros. Sempre me coloco no lugar da personagem principal e penso o que eu faria no lugar deles (as). Gosto disso, uma maneira sutil de observar a realidade.



0 comentários:

Postar um comentário

** Obrigada pelo comentário. Seja sempre bem-vindo (a) !! **
Obs: Comentários anônimos serão deletados.